Convidados

Já tenho agendado dois convidados de muita projeção para escrever no Blog.  Aguardem, logo, logo voces terão uma ótima surpresa.

Meu primeiro convidado, que muito me honrou é o Siciólogo Dario Caldas. Vejam o texto abaixo.

Moda, Tendências e Inovação

Por Dario Caldas*

 

Sou chamado com freqüência a opinar sobre o estado atual da indústria da moda no Brasil, e sempre abro ao menos duas perspectivas para fazer essa análise: a da criação e a do mercado. Quanto à primeira, vejo que evoluímos bastante nas duas últimas décadas. Apesar das acusações de ‘cópia’ ainda serem freqüentes, já existe uma quantidade razoável de criadores e de marcas autorais, que buscam uma linguagem própria, pondo o seu diferencial nas tendências. Do ponto de vista do mercado, a integração com o ‘resto do mundo’ se dá a uma velocidade cada vez maior no Brasil, com a chegada de marcas de fast fashionTop Shop, por exemplo, desembarca em São Paulo em 2011 – e de luxo, que são referências internacionais. Isso é bom, porque impede as marcas locais de acomodação, embora, como se saiba, a importação traz também o risco de simplesmente substituir a indústria local.

De um lado como de outro, vejo a necessidade cada vez maior, para criadores, marcas e indústria de modo geral, de inovar, de buscar diferenciais e de produzir valor, dentro de uma cadeia cada vez mais ‘commoditizada’ pelos importados de preço baixo. Há uma série de maneiras de produzir valor, uma delas é o investimento no que a economia das indústrias criativas chama de ‘ativos raros’, aqueles conhecimentos que só nós brasileiros detemos, que pode ser desde uma matéria-prima local até um jeito único de modelar um biquíni. Mas podemos ir muito além. Acredito que a ferramenta das tendências tenha se tornado ainda mais valiosa dentro desse panorama, à medida que a pesquisa e a aplicação de tendências, realizadas com o rigor e a metodologia adequados, fornecem a visão ao mesmo tempo atual, prospectiva e estratégica de que marcas, criadores e empresas estão precisando para inovar e fazer frente ao interesse voraz sobre o nosso mercado. O perfeito entendimento dos comportamentos e da evolução do consumo, a sintonia com macro e microtendências também favorecem, é claro, a internacionalização das marcas brasileiras. É por isso que o Observatório de Sinais resolveu fazer a sua parte, oferecendo programas de treinamento sobre pesquisa, análise e aplicação de tendências, voltados às empresas e aos profissionais, como coolhunters. Universitários e pesquisadores também vão poder participar de um programa a ser realizado em janeiro de 2011, inaugurando a nova sede do Observatório de Sinais em São Paulo.

* Dario Caldas é sociólogo e dirige o Observatório de Sinais. Tel. (11 )4304-2848 | 5594-3628.

___________________________________________________

Pensar em equipe é super importante.  Analisar o pensamento de outros profissionais ou acompanhar o crescimento profissional de um aluno através de suas opiniões é realmente construir conhecimento.  Por esta razão, neste espaço estarei buscando convidados que possam apresentar assuntos para construção do nosso saber.

O tema é livre, a forma é espontânea, mas o conteúdo tem que ser muito legal e criativo como é a área da moda.

Se houver interesse de participar como convidado no BLOG, mostre seu interesse que vamos analisar sua proposta.

Logo, logo estarei apresentando o (a) primeiro(a) convidado(a).

Uma resposta para Convidados

  1. Dudu Prates disse:

    Conheço a Ligia e o trabalho dela. O seu blog com certeza será um sucesso.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: