Discussão

Como estão os Projetos Pedagógicos dos Cursos de Moda?  Como estão sendo absorvidos os profissionais quando chegam no mercado de trabalho?

Com estas questões, vamos abrir um espaço para conhecer e dar sugestões.

Na área de modelagem a carência de profissionais é enorme.  Como está a linha do conhecimento nesta área?  Estão saindo profissionais com domínio no conhecimento da construção de blocos de moldes e interpretação de desenhos?  Ou estão os “estilistas” nas mãos de quem modela as peças?

Vamos dialogar.  Vamos ver a opinião dos alunos e dos professores encarregados de transmitir a informação.

Este é o clima deste link.  Vamos juntos formar opinião.

4 respostas para Discussão

  1. Alenir Maria disse:

    Será que poderia me esclarecer uma dúvida? – Estou fazendo um curso de modelagem industrial que vai durar 40 dias. Estamos trabalhando com miniaturas, modelando decotes, mangas, golas e pences. Tenho tido dificuldade porque a apostila e a professora não sabem explicar como acontecem essas modificações, não existem medidas padrões para mudar o molde básico. Gostaria de saber se esses cursos são assim mesmo, se não seria necessário ter medidas padrões para executar as modificações?

    Exemplos:

    ***Manga Raglan, japonesa, anjo, baby look, tulipa, morcego, cigana, presunto, princesa, fofa, mula manca.

    ***Decote U, V, Redondo, quadrado, princesa, canoa

    ***Gola Esporte, Militar, padre, bebê, marinheiro, andorinha, italiana, inteira, blazer

    Desde já agradeço!

    • Marcio Borsarini disse:

      Como aluno e profissional de mestra Ligia posso dizer que estes padroes vc adquiri com a pratica…. Uma vez que quem os dita é o estilista ou designer entao vc começa a formar seus próprios padroes e construir suas referencias de medida….
      Marcio Borsarini…..
      Professora ligia o blog esta fantastico…..

  2. Estefania disse:

    Na verdade as medidas padrões quem define é o modelista, por isso modela, projeta, cria. O ideal do trabalho só é alcançado com muita prática e domínio da prática. O procedimento deve ser considerado heurístico, ou seja, experimental, o que requer liberdade de desenvolvimento e resultado. Esse resultado quase nunca é imediato.

  3. Estefania disse:

    NA minha opinião, acredito ser por aí o caminho para uma modelagem boa e inovadora.
    comentem!
    abraços
    p.s;Admiro muito o trabalho da Ligia e foi um grande prazer poder estudar com a técnica dela!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: